01 dezembro 2005

Silêncio...

Quando deixo de te ver passo Dezembros na alma e esqueço-me de viver. Custa tanto saber o que se sente quando reparamos em nós, que a minha consciência afundasse na sonolência apavorada dos meus sentimentos. Preciso dizer frases longas e confusas que custem a dizer para não pensar em ti, mas penso.
Teimo em ouvir a voz da minha alma a falar-me de sensações e pensamentos, quando tudo em mim pede o silêncio.

4 comentários:

Passarinha disse...

petra, ainda n me disseste se ias...(desculpa insistir como uma tonta:-))

bjs

grilo falante disse...

Ainda há tanto por viver, tanto por fazer. Cada instante é um segundo que pode mudar uma vida.
Eu celebro toda a gente que nunca vamos conhecer. Para essas pessoas fica a saudade de não as ter conhecido.
Dezembro é apenas mais um mês da tua vida.

grilo falante disse...

Belas fotos. Parabéns.

Red Angel disse...

o silencio´tem um poder impressionante.....opde dizer tanta coisa.........cabe a nós dar o significado......

tenta mudar o significado do teu......sê feliz.......n por tudo....mas por ti....só por ti

fika bem *****

Ocorreu um erro neste dispositivo