19 dezembro 2005

...

Alicia-me para a névoa e para o crepúsculo…
Parto como o ar, agito as madeixas brancas ao sol fugitivo…

1 comentário:

Anónimo disse...

Sempre aquele gostinho no ar....

Ocorreu um erro neste dispositivo