28 novembro 2006

Desejo...

Um dia quero que o teu rosto seja a visão última do meu dia para que o brilho dos teus olhos me crie sombras na escuridão do sono e para que a doçura do teu sorriso me vele toda a noite.
Quero poder descansar a cabeça no teu peito e converter cada batida do teu coração num ritmo que me embale todos os cansaços…

15 novembro 2006

Pensamentos confusos...

Quer queiramos quer não queiramos, a futilidade aumenta com a qualidade de vida, temo que isto seja um facto.
Ao longo da vida tantas vezes me pergunto pelo bom senso... pela boa educação... pela humildade de sabermos o que somos, reconhecermos o que fomos e desconhecermos o que se apresenta no futuro...
As vezes sinto que o futuro é apenas um salto no vazio que nos aguarda...

05 novembro 2006

Sem sentido...

Estarei triste?...Melancólica?... não sei... talvez uma nostalgia que se apodera de mim com um ar disperso que se encarrega de me deixar confusa... talvez até mesmo sem sentido, querendo mesmo questionar tudo o que vejo na frente, e desejando talvez achar uma razão, uma referência um sentido... não há.
Ocorreu um erro neste dispositivo