31 agosto 2013

The power of love...

Me: Chama por ti todos os cantos da minha pele, sinto a tua ausência com a volúpia das noites que me acolhem na solidão da alma...

You:
Sinto nas entranhas o quente desejo 
de te ter como o sol possui o mar 
no seu deitar e se nesse instante
sentir a tua entrega, serei rainha 
do teu trono perdido
ainda que por breves e singelas 
passagens do tempo
onde me abandono em ti…


Me: Espero a tua vinda para finalmente poisar a minha boca nos teus lábios 
de doces sabores silvestres, timidamente sedutores...

21 agosto 2013

Cansaço…


O dia aos poucos desfez-se sem grande alarido, e foi dando aos poucos lugar a lua…
Da minha janela ela parece tão deslumbrante, tão confiante e eu… aqui neste desassossego…
Porém sinto-me com a calma e a paciência do velho ancião das florestas virgens… ele sabe que não adianta fugir e eu sei que vai piorar…

Pensar magoa-me o pensamento e entristece-me a alma, não é a cabeça que dói, é o pensamento de tanto pensar…

16 agosto 2013

esperança...



Longas são as horas em que aguardo a tua presença...
o inverno chegará em breve despercebido, e nesse instante em que as tarefas serão mais tristes e as noites mais frias, que desejarei a tua chegada ao início do para sempre...
Deixarei que as estrelas me guiem porque conhecem o meu destino...
e se no dia doo fim do percurso tu lá não estiveres, então não irei chorar,
irei talvez deambular perdida, até que...
eu possa ficar assim, perdida neste horizonte, deslizando pálida e fria, 
pela noite e pelo dia, eternamente...
até um dia...
Ocorreu um erro neste dispositivo