26 dezembro 2005

Palavras...

As palavras ficam não importa o que se diga. Muito depois de terem sido pronuncidas, as que ferem continuam a fazer-nos mal, vivem dentro de nós, tristes e sem repouso...

3 comentários:

Anónimo disse...

Nem mais! Qualquer palavra que escrevesse aqui, não defenia tão bem, o que defeniste

Cantinho da pepper disse...

Pois é amiga, as palavras pronunciadas jamais voltam a trás. Pena que nem sempre as que ficam são as mais doces... são as amargas que mais marcam a sua presença...e como marcam.

Anónimo disse...

As palavras são aquilo que nós queremos que elas sejam.
Tudo é o que nós queremos que seja.
Só permanece em nós o que nós permitimos.A sabedoria do perdão é de uma eficácia espantosa...experimentem.

Ocorreu um erro neste dispositivo