11 julho 2007

Contagem...

Vivemos constantemente em contagem decrescente para qualquer coisa… nove meses para nascer, seis anos para entrar na escola, depois mais alguns para a puberdade, ansiamos pelo primeiro beijo, pelo primeiro amor, a primeira desilusão, o primeiro ordenado e a primeira contagem para a reforma… pelo meio para uns casamentos e filhos para outros apenas a vida vivida ao sabor do vento… depois aparecem os cabelos brancos, as primeiras rugas, o acumular dos sonhos perdidos, o peso nos ombros, o horizonte mais perdido, o passo mais lento e a sombra clareando…
Ocorreu um erro neste dispositivo