09 fevereiro 2008

Para ti...

A luz diurna já se retirou… nestas alturas sinto sempre que o tempo foge de mim... ainda é demasiado cedo para que o cansaço me leve ao reino dos sonhos...
quero dizer-te ainda, que na falta de motivos válidos a ilusão acaba por ser um bom substituto mas com o tempo acaba pouco eficaz…
dizes que te compreendes mas olha que a compreensão é um grau de lógica muito elevado que não nos leva a lado nenhum…
percebo que aceites a incompatibilidade, mas não percas nunca a tua individualidade…
estas palavras são para ti… e para quem te lê…

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo