18 novembro 2008

...




1 comentário:

darkness disse...

Caminho perdida por esse imenso mar de folhas caídas... O cansaço de mim se apodera e recosto o meu ser num desses bancos de jardim abandonados... Horas a fio, olho o horizonte, enquanto numa dança infindável o outono cai sobre mim e cada tom amarelado que o meu olhar alcança é um fragmento de mim que voa...

O fim está sob o meu olhar terei de lhe ceder vitória e meu ser jaz nesse jardim de outono...

Ocorreu um erro neste dispositivo