17 outubro 2005

Desejo...

Sentir o desejo de produzir algo belo, maravilhosamente imaculado, tão perfeito que não haja no mundo inteiro alguém que fique indiferente, não por não lhe agradar, mas por lhe parecer impossível haver um causador para algo tão belo, que não seja divino.
Porque motivo duvido das decisões que acontecem desta forma e não de outra? Não é fácil encontrar a resposta, talvez antes de tentar compreender, deveria primeiro saber porque motivo existe a dúvida, existe porque a vida é um conjunto de dúvidas e decisões que tornaram o imperfeito no perfeito e vice-versa.

1 comentário:

flor disse...

gosteo da tua forma de escrever mas...sinto uma tristeza enorme dentro de ti! Sê mais positiva e optimista. Se precisares de mim
estarei aqui pra te ouvir.Continua a escrever, a fazer do papel teu diario. beijo

Ocorreu um erro neste dispositivo