23 outubro 2005

Descanso...




Na minha noite não há escuridão e no meu sossego não há descanso, mas eu passo por tudo, tal como o rio que se não vai pela direita é pela esquerda mas vai sempre e o mar espera-o lá longe eternamente.

1 comentário:

Scorpio_Angel disse...

passa, mas não passes sem deixar marca...

Ocorreu um erro neste dispositivo