29 dezembro 2008

Sentir...

Salto de sonho em sonho, até um dia o mundo acabar em chamas geladas de uma flor chamada paixão...
O perfume que inebria será no escuro a seiva de todos os sentidos, será o final do delírio inconstante de uma estrada por encontrar, será o principio do poder voar... por entre os sabores da lua e a ecoar na noite estará a mensagem...
O paraíso terá a sua revelação nesta sucessão que embala o espírito numa cadência feita de suspiros...

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo