29 agosto 2005

Olhando


Hoje consigo ver a lua, parece imóvel no céu, como que escutando… as estrelas viajam, ignorando a terra adormecida. O mundo todo está dormindo, e só eu estou acordada… Fecho os olhos para ver melhor o que minha mente desenha, o que minha alma sente…
Chegou um tempo em que a vida é uma ordem. A vida apenas, sem mistificação.

3 comentários:

artjazz disse...

A vida é uma (des)ordem...


...entropia enclaustra de sentidos

Scorpio_Angel disse...

Tal qual um rio, cujo curso não nos é possível prever.

ghost_poet disse...

...se te serve de consolo, se de consolo se trata este poema, tb estou acordado olhando a desordem do meu pensamento. "A vida apenas..."

Ocorreu um erro neste dispositivo