26 março 2012

sem sentido...

Ao longo da vida fui aprendendo que a pior arma que alguém pode usar contra nós e a nossa própria imaginação… aproveitando-se de todas as dúvidas e incertezas que ali se escondem… por vezes teima a dúvida em perceber se seremos verdadeiros com nós mesmos? Vivemos por nós ou pela expectativa dos outros?

Porém uma enorme dúvida se levanta, se formos acessíveis e sinceros, será isso garantia de que algum dia seremos realmente amados? Teremos a coragem para libertar os nossos segredos mais ocultos?

Ou a verdade é que afinal de contas somos todos incompreensíveis até para nós mesmos?

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo