16 maio 2008

No limiar de cada limite...


Gestos, atitudes, comentários…
Caminhantes desertos, somos por vezes
Em cada escolha de
Gestos, atitudes, comentários…
Geridos pela insanidade que nos invade
E cria em nós incoerentes
Gestos, atitudes, comentários…

Por vezes almas sabedoras, outras, uma invasão absoluta pela incapacidade de decidir o certo e o errado…
Entre estes dois limites vagueamos por vezes,
Outras, perdendo a razão, o máximo admitido em cada

Gesto, atitude, comentário…
É ultrapassado!

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo