05 fevereiro 2006

Paisagem...

As vezes a tarde é tão calma e o céu tão tranquilo, que a noite chega devagarinho, e sem que eu saiba, sigo dois caminhos lado a lado, com o mundo fiz parte da paisagem comigo fui sem ver nem recordar...
Eu amo tudo o que já foi e tudo o que já não é, amo a dor que já não dói e tudo o que a dor deixou, basta pensar em sentir saudade e o meu coração faz sorrir a chorar e a vida passa como as nuvens pelo céu e continuo para aqui a viver sem conseguir...

5 comentários:

Edy disse...

Podia dizer muitas coisas mas cada palavra tua, são as minhas palavras com um pouco de dor!!!
Beijos
Edy

Anónimo disse...

O final de tarde tem destas coisas, ás vezes trás consigo maravilhas, outras nem por isso. Não que a saudade, seja má, de todo, por vezes é um gosto de saudade...Viver, vamos conseguindo, não se consegue.

BordaDaguas disse...

muito bom!!

Terreiro disse...

Quando menos se procura, aparece.
Quanto mais se esquece, recordamos.
Porque será que temos estas sensações …
Gostei

Abraços

GreenSky disse...

Gostei muito, deve ser por eu adorar os fim de tarde... a noite foi feita para viver o dia... esse é para o patrão.

RC

Ocorreu um erro neste dispositivo