17 outubro 2013

Só...

Só entre todos, o espaço cheio de movimentos, palavras soltas por todo o lado, porém estou só…
sem mais nada…
sem mais ninguém…
Apenas eu e o meu pensamento...

Hoje este meu pensamento faz-me sentir um vazio, um vazio que revolta, revolta contra tudo e contra todos…
Pergunto-me porque devemos lutar e correr procurando sentidos e objectivos?
Porquê?
Para quê?
Mas não sabem que tudo tem um fim? 
ah sim pois temos uma razão para viver, sim? Qual? 

O caminho é sempre igual, ser feliz e sofrer, viver e morrer…
será este o objectivo principal deste tempo que passamos aqui? Não tem sentido…
talvez olhando agora pela janela um pouco embaciada, descubra alguma razão, mas tudo o que vejo é a noite passando, ora receosa e tímida, ora apressada e perdida… 


O despertador toca, porém a mesma indagação vai-me perturbando todo o meu ser, não sei o que raio fazemos aqui e por mais que pense continuo sem saber…

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo