02 abril 2008

Eterno...


Além do tempo, do espaço… Ingénuas criaturas que pousam em cada momento por belas ou abomináveis paisagens e espaços mantidos além do tempo… do espaço…
Mas rebuscando cada imagem, cada segundo passado ainda que recente, tudo é tão diferente. Somos criaturas de cada momento, o eterno é termo sagrado que ninguém deveria proferir, pois que em cada momento, cada semelhança é tão distinta nessa simetria (imperfeita)…
Ainda assim… Por breves instantes aglomerados, que num conjunto formam a vida, o tempo vai passando… E quem não deseja, por vezes, o eterno?

Eu desejo…

Fica…

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo