04 novembro 2007

Confusa...


Necessidade de parar por momentos... sentir o respirar do tempo... pensamentos de fúria e agressividade, sinto com rapidez e angústia de quem tenta libertar-se das malhas da rede que a sufoca... anseio a calma, o sossego de um sono profundo... já não sei o que digo... as janelas agitam-se ao sabor do vento... silêncio...

1 comentário:

CMatos disse...

Que dizer... há momentos assim. É necessário dar a volta e se necessário mudar o rumo da vida.

Bom fim de semana.

Ocorreu um erro neste dispositivo