28 setembro 2006

Pesos...

O que eu acho que pesa mesmo é a nossa disposição para tolher a nossa vida própria em função do ser que amamos. Acho que se não cobrarmos a nossa porção de amor, atenção e sacrifícios que nos cabe a vida se encarregara de cobrar de nós o nosso tempo perdido… e depois?... o que fazemos com as sobras?
O que fazemos connosco quando as nossas crenças se desfizerem e ficarmos à mercê de uma vida sem esperanças? Quantas vezes, seremos capazes de recomeçar?... Sempre?
Sempre pode ser tarde demais…


3 comentários:

Crónicas de Ariana disse...

Mas é mesmo assim, às vezes precisamos de recomeçar e nunca é tarde para recomeçar, porque se o for então não valeu a pena.


BJS :)

PAULO SANTOS disse...

Maria é um nome que me recorda vida...
parte da minha....
Simplesmente Maria....
Desculpa a ousadia...mas ao ver teu link(teu nome) num blogg que frequento resolvi...espiar-te??? (não sou voyeur...)
Adorei este post e imensamente o blogg!
lembra-me o meu....

Deixo-te um beijo ( e desculpa-me a ousadia...) e um convite!!

Paulo
ww.interiornorte.blogspot.com

o alquimista disse...

Encantado com o teu espaço, volto se não te importares

Ocorreu um erro neste dispositivo