25 outubro 2015

A vida...

A vida é isto... medo, raiva, desejo, amor.
Parar de sentir emoções, parar de querer senti-las...
é como, sentir a morte.
a vida e a morte estão sempre misturadas,
da mesma maneira que alguns começos são fins...
e alguns fins tornam-se começos.
De que outra forma poderia ser?
Eu apanho tudo o que estou a sentir.
Tudo o que me importa.
Guardo isso tudo no meu punho.

E luto por isso…

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo